sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Verniz da Semana

Mini OPI Russian Navi  


Este pequerrucho da OPI veio na revista Telva deste mês (se não estou em erro). Não sei exactamente quantas cores tinham disponíveis, mas só vi esta e um dourado. Optei pelo azul, mas agora que penso bem, preferia o dourado.. Enfim.. Agora já está xD

É um azul escuro bonito com brilhos da mesma cor, muito fácil de aplicar e opaco, com uma camada quase que cobre a unha na totalidade. A cor é bonita, mas não achei nada por aí além, aliás, é bem parecido com um azul da Kiko que tenho cá em casa (depois posso mostrar uma comparação). 
Contudo, o que me desiludiu mesmo foi a duração. Há tanto hype à volta dos vernizes OPI que achei que fosse durar tipo uma semana na unhas... não...apenas uns míseros 3 dias tal como qualquer verniz da Kiko, Andreia, Dermacélsia etc dura comigo. Não sei se o problema é só meu.. mas o facto é que não daria 15eur por um verniz que apenas tem uma duração razoável! 

Ás vezes, compensa adquirir miniaturas. Dá para testar e formar uma opinião sobre o produto, evitando que se compre coisas à toa. No futuro, só comprarei OPI se a cor me cativar muito.

Alguma de vocês tem vernizes OPI, que acham? 

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Swatch: Batom Luscious Cream da Kiko na cor 514 Magenta

Olá meninas, este verão resolvi apostar em cores vivas nos lábios. Já vos mostrei o meu sweetheart d'O Boticário aqui e hoje venho mostrar-vos o batom Luscious Cream da Kiko na cor 514 Magenta. 
Confesso que comprei esta cor ao engano, pensei que fosse um vermelho mate que uma amiga minha tinha (nada a ver!) mas acabei por me apaixonar! 
A embalagem é um mimo mas tem um grande defeito: o cinza da tampa vai caindo com o uso (como podem ver na foto abaixo). Gostava que a cor fosse permanente, mas talvez esteja a ser um pouco picuinhas.



É daqueles tons que ora parece vermelho ora parece rosa, conforme podem ver nos swatches. 
Ele é realmente muito hidratante, deixa um brilho bonito. É muito fácil de usar (com pincel ou sem) e não pesa nos lábios. Não acho que tenha uma duração muito prolongada. Sim, dura mais tempo que um batom da linha normal da Kiko ou que um batom da NYX, mas gostava que durasse mais ainda! 


Podem ver uma foto minha a usá-lo aqui.
Gostam?

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Paleta de 120 cores

Recebi esta paleta de 120 cores pelo meu aniversário. A encomenda acabou por ficar retida na alfândega e só há uns dias é que a recebi! Usei algumas vezes, embora tenha sido só para testar e ainda não saí à rua com elas :p


Até agora, posso dizer que tem uma pigmentação razoável, as sombras são fáceis de aplicar e a duração é boa mesmo sem primer. Querem review?


sábado, 19 de outubro de 2013

Aviso

Meninas, o "querido" blogger (notem a ironia) por alguns dias, só permitia comentários de quem tivesse conta google+ e por isso muita gente não conseguiu comentar. O problema já está resolvido, mas perdi alguns comentários anteriores... Se alguma leitora fez alguma pergunta e eu não respondi, por favor, façam de novo e coloquem o endereço do vosso blog para eu poder responder. Desculpem este transtorno!


sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Tenho uma tese para escrever, e agora?

Esta imagem não podia descrever melhor a escrita da minha tese!

Hoje venho dar-vos dicas para a escrita de uma tese, sei que já venho um pouco atrasada, mas espero que este post seja minimamente útil para vocês.. Como sabem, defendi a minha tese no dia 12 de Setembro e lembrei-me de dar algumas dicas sobre todo o processo, desde a escrita à defesa. Cada pessoa tem o seu método de organização e de trabalho, mas espero que este post ajude quem se está a sentir um pouco perdido.

TEMA
Escolham um tema do vosso agrado, pois durante um ano (ou seis meses dependendo do curso e da faculdade) vão estar a trabalhar no mesmo assunto. 
Se puderem escolher o orientador, escolham alguém que gostem, que achem que seja um bom professor e que seja acessível e tenha bons conhecimentos na área onde vocês irão desenvolver a tese.

ESCRITA

Comecem a escrita o mais cedo possível e façam as coisas com calma. Eu comecei a escrever a introdução no início do estágio, aos poucos e sem pressas. Uma vez que eu tinha algum tempo livre no estágio, aproveitava para ir escrevendo. Eu fazia o possível para ir escrevendo durante a semana para ter sempre os fins de semana livres para passear. Custa um pouco organizar toda a bibliografia e por vezes uma pessoa sente-se perdida. Custa começar, mas depois a escrita vai fluindo. Contudo, há dias em que a inspiração não vem e não adianta forçar. Nesses dias eu optava por tratar da organização dos artigos, edição de imagens, legendas etc.
Apesar de ter começado cedo, escrevi os resultados e discussão com mais pressa uma vez que esperei para acabar o trabalho experimental primeiro. Isso foi notório para quem leu a tese (excepto para mim). Por isso o meu conselho é: enviem a tese para os amigos/ familiares para que eles leiam. São outros olhos e vão com certeza ver erros que vocês não vêem por estarem à tanto tempo a olhar para o mesmo. Enviem também para o orientador pois é uma das pessoa que está mais dentro do assunto.

Sigam as regras da vossa faculdade no que diz respeito ao tamanho de letra e espaçamento entre linhas. Assim como tamanho de letra para legendas e notas de rodapé. Normalmente, esses documentos estão disponíveis no site da faculdade mas o vosso orientador também saberá.

SOFTWARE PARA GESTÃO DE REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
Existem alguns softwares que vos irão ajudar a organizar a bibliografia e certamente, muitos de vocês já os conhecem. De qualquer maneira, deixo aqui a dica. Eu conheço apenas 3, o próprio Word, o Endnote e o Mendeley
O Mendeley é gratuito e apenas é necessário registo no site. Foi este o programa que utilizei e gostei muito. Ao adicionar os artigos ele já faz a referência automaticamente, embora em alguns casos seja necessário corrigir. Podem ainda integrá-lo ao word que permite que à medida que seja produzido o documento, sejam inseridas citações e no final seja criada automaticamente a respectiva lista de referências bibliográficas de acordo com o estilo seleccionado. 
O Endnote tem a mesma função que o anterior e é gratuito se o instalarem através da faculdade.
O próprio Word tem uma ferramenta para gerir as referências (pelo menos o 2010 tem, não me lembro se as versões anteriores também têm), no separador Referências - Inserir citação - Adicionar nova fonte, onde podem inserir todos os dados da referência.

IMPRESSÃO
Para mim, esta foi a altura que senti mais stress. Foi altura que fiz todas as correcções (desde erros de português, a distracções nos acentos, unidades, algarismos significativos, legendas...) É sempre bom terem alguém que vos assinale os erros.. é frequente nem darmos conta deles porque ao fim de algum tempo, os nossos olhos ficam cansados. É normal, a tese ter algumas gralhas depois da entrega, porque ninguém é perfeito, mas verifiquem sempre tudo muito bem. 

As faculdades podem ou não ter regras para a elaboração da capa e contracapa. A minha tinha e era necessário um software específico para conseguir fazer a capa. Uma vez que eu não queria preocupar-me ainda mais com isso, resolvi recorrer à reprografia da faculdade que já tem as capas prontas, sendo só necessário dar os dados da tese (título, nome de orientador(es), vosso nome etc.). Se a vossa faculdade não tiver regras muito rígidas, óptimo! Poderão fazer em casa e poupar algum dinheiro.
Há também regras no que toca ao número de cópias da tese que devem imprimir. Na minha faculdade, tive que imprimir 6 cópias da tese (+1 para mim), 6 cópias do resumo em português e 6 do abstract, 6 cópias do CV e fazer 2 cd's com a tese (com capa própria segundo as regras da faculdade). Tudo isto rondou os 150 eur na reprografia da faculdade. Se conseguirem fazer isto tudo em casa, óptimo, pois vão poupar um dinheirão! Claro que o número de cópias varia de faculdade para faculdade e até mesmo de curso para curso, por isso, informem-se bem antes de imprimir.

Se depois da entrega, verificarem que existem erros que se repetem muitas vezes ao longo do trabalho, podem sempre fazer uma errata e entregar no momento da apresentação

DEFESA
Normalmente, entre a entrega e a apresentação da tese, há uma pausa de 1 mês (ou mais dependendo da disponibilidade do júri que vos vai avaliar). Por isso, têm muito tempo para se preparar. Façam a apresentação com calma, foquem-se no essencial e não escrevam muito nos slides. Estejam preparados para as perguntas e nunca dêem a entender que não sabem a resposta. "Essa hipótese poderá ser testada no futuro" ou "Pensei nessa abordagem, mas durante a realização do trabalho, optei por seguir outro rumo devido à falta de tempo" são respostas adequadas. No meu caso, implicaram mais com o português do que com o trabalho em si, o que me fez ficar um pouco frustrada.. Falem com o vosso(a) orientador(a) pois com certeza ele(a) terá boas dicas e até para vos dar.
Geralmente, são 20 minutos para a apresentação e 50 min para a discussão (dependendo da faculdade). Tentem cumprir o tempo estipulado para a apresentação. Controlem os nervos. Eu sei que não é fácil, é todo um ano de trabalho que está em causa, mas respirem fundo e atirem-se de cabeça! Se eu consegui, vocês também conseguem! Boa sorte ;)


quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Hoje sinto-me assim...



What would I do without your smart mouth
Drawing me in and you kicking me out?
Got my head spinning, no kidding
I can't pin you down
What's going on in that beautiful mind?
I'm on your magical mystery ride
And I'm so dizzy, don't know what hit me
But I'll be alright

My head's underwater
But I'm breathing fine
You're crazy and I'm outta my mind

Cause all of me loves all of you
Love your curves and all your edges
All your perfect imperfections
Give your all to me, I'll give my all to you
You're my end and my beginning
Even when I lose, I'm winning
Cause I give you all of me
And you give me all of you, oh

How many times do I have to tell you
Even when you're crying, you're beautiful too?
The world is beating you down
I'm around through every move
You're my downfall, you're my muse
My worst distraction, my rhythm and blues
Can't stop singing, this ringing in my head for you

My head's underwater
But I'm breathing fine
You're crazy and I'm outta my mind

Cause all of me loves all of you
Love your curves and all your edges
All your perfect imperfections
Give your all to me, I'll give my all to you
You're my end and my beginning
Even when I lose, I'm winning
Cause I give you all of me
And you give me all, all of you

Cards on the table
We're both showing hearts
Risking it all though it's hard

Cause all of me loves all of you
Love your curves and all your edges
All your perfect imperfections
Give your all to me
I'll give my all to you
You're my end and my beginning
Even when I lose, I'm winning
Cause I give you all of me
You give me all, all of you, oh
I give you all, all of me, yeah,
And you give me all, all of you, oh

LetsSingIt - Your favorite Music Community 


terça-feira, 15 de outubro de 2013

Tag: 20 day Disney princess challenge #3


#3 A princesa com a qual mais me identifico

Bela
Sendo esta a minha história preferida, seria de esperar que a Bela fosse a minha princesa favorita. Romântica, leal e a paixão por livros são algumas das características com as quais me identifico.


segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Swatch: Lip pen by H&M

Quando soube que a H&M tinha a sua versão dos batons tipo "chubby stick" fiquei com imensa vontade de os experimentar. No loja existiam quatro cores, dois rosas (os que optei por trazer), um vermelhão e um nude alaranjado. 


Sendo eu doida por batons rosa, tive que trazer estes dois! Escolhi o rosa claro, Love that Pink e um rosa fuchsia chamado Passionata Pink. Cada um custa 3,95eur.
Têm a duração de um batom normal. Basta comer ou beber para ficar sem cor, principalmente no caso do Love That Pink. O Passionata Pink, por ser um tom mais escuro, dura um pouco mais. Isto já era expectável, uma vez que eles não prometem ser de longa duração.
O que me surpreendeu mesmo foi a pigmentação! A cor do Passionata Pink é lindíssima e super pigmentada. Até mesmo o tom mais claro é bem pigmentado! Além disso, não senti que me secassem os lábios e são muito confortáveis de aplicar e usar.
Podem ver swatches nas fotos abaixo.

Love that Pink

Passionata Pink (sem flash)

Passionata Pink (com flash)
Tendo em conta a relação qualidade/preço, acho que são bons produtos para quem não pode investir em marcas mais caras. Recomendo!

Já conheciam?

sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Lip pen by H&M

Também eu já aderi à moda dos "chubby sticks"

Estes são da h&m e são bem acessíveis! Logo mostro as cores que escolhi.



quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Hit the pan #4

Olá meninas! Desculpem a ausência, mas estava com problemas com a internet. Agora já está tudo resolvido e vou poder retomar a actividade cá no blog. 
Hoje venho mostrar-vos os produtos que acabaram recentemente e dar a minha opinião sobre eles. 

Há algum tempo atrás, resolvi aproveitar os saldos e comprar o kit para pele mista a oleosa da Clinique. Atenção que eu nunca tinha utilizado estes produtos nem tive ajuda da funcionária. Talvez se tivesse pedido ajuda, teria obtido outros resultados. Provavelmente serei crucificada por afirmar que não fiquei impressionada com estes produtos (o hidratante ainda não acabou, mas foi o produto que mais gostei dos 3). Achei o gel de limpeza fraquinho porque quando passava o tónico, o algodão ainda ficava sujo. O tónico tem um cheiro muito forte a álcool, mas até não achei muito agressivo na pele. 

Espuma Caracóis naturais para cabelos ondulados e com caracóis. Para mim, era necessário muita quantidade para definir os caracóis e não ajuda nada em termos de volume. É um produto barato e talvez funcione para algumas pessoas, mas comigo não funcionou e não o recomendo.
Leave-in anti-frizz caracóis setim da Schwarzkopf. Deixa os caracóis definidos, tem um cheirinho bom, mas não ajuda muito a desembaraçar o cabelo. Gostei do produto, mas não o voltarei a comprar porque necessito de algo que me desembarace o cabelo mais facilmente.

2 in 1 Volume Mascara da Essence. Review aqui

Protective sun-cream face 50+ da Vichy. Foi o protector solar que usei o verão inteiro. Não é tão espesso como um protector solar normal, embora seja um pouco gorduroso. Deixa um pequeno resíduo oleoso que desaparece ao passar pó por cima. Gostei!
Reparador creme para os pés com ureia da Eucerin. Dos melhores cremes para os pés que já utilizei. Uso-o todos os dias à noite e noto uma grande melhoria na pele seca. Este é apenas uma amostra, (que deu para usar muitas vezes, btw) mas irei comprar o creme com certeza! 

Já usaram algum destes produtos? Qual a vossa opinião?



quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Review: Avon MagiX e Base preparadora Yves Rocher

Olá meninas, trago-vos uma review/ comparação de dois primers faciais de marcas diferentes. Já muito se falou/escreveu sobre o MagiX, uns amam, outros odeiam... Sobre a base preparadora, nunca li nenhuma review e portanto, hoje, vim dar a minha opinião sobre estes dois produtos.
O Avon MagiX Aperfeiçoador de Tez é meu e a Base Preparadora fixa e ilumina da Yves Rocher é da minha mãe. O primer/base preparadora, não é um produto que use muitas vezes, por esquecimento mesmo, mas quando uso sinto que, realmente, faz uma grande diferença na maquilhagem. Já a minha mãe usa o dela todos os dias. 

Mas o que é um primer?
É um produto que prepara a pele para a maquilhagem, ou seja, disfarça poros dilatados e linhas superficiais, uniformiza a pele e aumenta a durabilidade da maquilhagem. Pode perfeitamente ser utilizado sozinho, sem base por cima.


O primer da Avon vem numa embalagem de plástico em bisnaga, traz 30 ml e custa à volta de 11-12EUR, dependendo do catálogo. A base preparadora da Yves Rocher vem numa embalagem de vidro com um "pump", traz 15 ml e também custa entre 10-12EUR dependendo do catálogo. O MagiX tem a vantagem de ter SPF 20 o que é óptimo para proteger a nossa pele! 


A consistência de cada um é diferente. O da Yves Rocher é mais líquido e existe em duas cores, sendo a da foto, a mais clara. O MagiX tem uma consistência mais espessa e só existe naquela cor branca. Contudo, a cor não se nota na pele quando bem espalhada.
Ambos têm um cheiro horrível! O da Avon cheira a plástico e o da Yves Rocher tem um cheiro a perfume muito forte.  É possível que pessoas mais sensíveis não os consigam usar, principalmente o da Yves Rocher. Apesar de terem um cheiro forte, não acho que dure muito tempo na pele.

Resultados

Perdoem as fotos da minha oleosidade extrema, mas é para verem bem o efeito de cada um dos primers

Como podem ver, ambos matificam a pele, embora eu ache que a base preparadora matifica mais que o MagiX. Disfarçam os poros e uniformizam o tom de pele. Além disso, fazem a maquilhagem durar mais tempo, usando tanto o MagiX como a base preparadora, a maquilhagem dura um dia inteiro. Claro, que com o passar do tempo, surge alguma oleosidade, que é mais notória com o MagiX. A sensação no rosto é semelhante em ambos os produtos. Deixam a pele sedosa, suave ao toque, embora eu ache que o MagiX é mais pesado, ou seja, sente-se mais que o produto está no rosto. Pessoalmente, acho um pouco desagradável, mas essa sensação desaparece algum tempo depois.

Resumindo 

Na minha opinião, a base preparadora da Yves Rocher matifica mais e por mais tempo, além de deixar os poros menos visíveis. Se não tivesse um cheiro tão forte, eu usaria sem problemas. Contudo, o MagiX é mais baratinho (tendo em conta os ml que traz) e embora não seja muito matificante, também me dou bem com ele.

E vocês, já usaram algum destes produtos? Que acharam?

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Novidades Maybelline

Sabiam que a Maybelline lançou na Ásia, um primer para disfarçar poros dilatados?


Será que vamos ter um dupe do Porefessional com um preço mais acessível? 
Parece que chega ao Reino Unido na primavera de 2014, será que também chegará a Portugal? Fiquei intrigada!
Podem ler review aqui 

Vi, gostei e recomendo #8

Armadas e Perigosas/ The Heat


Sinopse: Sarah Ashburn é uma agente do FBI, metódica, com uma excelente reputação e muita arrogância, e Shannon Mullins uma detective de Boston pouco convencional, desbocada e muito temperamental. Nunca tiveram um parceiro de trabalho, muito menos um amigo. Mas quando estas duas personalidades incompatíveis têm de unir forças para capturar um poderoso barão da droga, irão enfrentar não só uma poderosa rede de crime, mas pior do que isso, terão de lutar corpo a corpo. Fonte


Esta foi sem dúvida uma das melhores comédias que já vi! Foi rir do início ao fim do filme, coisa que há muito tempo não acontecia. Gosto muito da Sandra Bullock como actriz e esta foi, na minha opinião, mais uma comédia de sucesso! 
Recomendadíssimo.

domingo, 15 de setembro de 2013

Tag: 20 day Disney princess challenge #2


#2 A princesa que menos gosto

Rapunzel
Esta foi difícil, porque gosto de todas. Não diria que é a que menos gosto, mas pertence à história com a qual menos me identifiquei.

sábado, 14 de setembro de 2013

Help!

Minhas queridas leitoras, alguma de vocês sabe de algum truque para cabelo muito fino e que embaraça com muita facilidade? Quais são os melhores produtos? 
Preciso de ajuda urgentemente! Já não sei o que fazer para controlar o meu cabelo.

Agora também me podem seguir no Instagram

Basta clicar no ícone abaixo

Instagram

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Modo Férias: Região Demarcada do Douro

Olá pessoal! Tenho andado ausente, mas quem segue o facebook do blog, sabe porquê. Defendi a minha tese ontem e ... sou mestre! :D Quero deixar aqui um agradecimento muito especial a todos os que me acompanharam nesta etapa (eles sabem quem são), sem vocês, seria muito mais difícil.

Voltando ao blog, decidi iniciar uma rubrica nova cá no blog, onde mostro alguns sítios em Portugal que visitei e dou algumas dicas para quem o quiser visitar. O mês de Agosto já acabou, mas ainda há muitas pessoas de férias e se não estiverem, podem sempre aproveitar as dicas para o próximo ano.

A Região do Douro foi um dos sítios mais bonitos que já visitei! A paisagem verde, o rio.. é tudo maravilhoso! Sabiam que esta região foi classificada como património da Humanidade pela UNESCO? É aqui que se produz o melhor vinho do Porto e vinho de mesa Douro.

Saímos do Porto e seguimos pela A4 até à Saída Mesão Frio/Régua, depois seguimos pela estrada nacional até à Régua. Uma vez que éramos 4 pessoas, decidimos fazer a viagem de carro e dividimos as despesas de combustível e portagens
Podem optar por ir de Comboio e fica-vos entre 8.00 - 9.50Eur ida por pessoa, dependendo do tipo de serviço (Urbano ou interregional respectivamente). Se viajarem de Urbano demoram 2h:11 a chegar à Régua, se for por interregional demoram 1h42.
Há ainda a hipótese de viajar no comboio histório que "percorre o trajeto Régua / Tua / Régua, feito com cinco carruagens históricas restauradas à época, com interiores em madeira, sempre à beira rio, apreciando as vinhas, recriando um ambiente que faz lembrar as viagens do passado." CP Esta viagem pode ser realizada todos os sábados até dia 5 de Outubro. Esta viagem tem um custo 35Eur para adultos e 15Eur para crianças. Para mais informações visitem o site da cp, no separador Programas Turísticos e Cultura e Natureza
Também existem viagens de barco do Porto à Régua, mas os preços são bem mais puxados (por volta de 60Eur por pessoa). Existem várias companhias que fazem este tipo de serviço, é só pesquisarem na internet por cruzeiros no Douro.

Ao chegar à Régua, há uma rotunda com a figura do Marquês de Pombal que foi muito importante para a demarcação e protecção da região, assim como do vinho aqui produzido.

Depois da Régua, seguimos de carro até ao Pinhão

E depois subimos de barco até Tua. Tivemos oportunidade de subir num rabelo e a viagem é maravilhosa. Além de se poder aprecia a magnifica paisagem, ainda oferecem um copo de vinho do Porto. Os preços rondam os 20 - 30 Eur por pessoa, ida e volta (Pinhão-Tua-Pinhão), dependendo do barco.




Chegando a Tua, almoçamos e descemos de comboio até ao Pinhão (custou cerca de 1.80Eur se não estou em erro). A estação de Tua está carregada de história (assim como toda a linha ferroviária do Douro), e nela podemos encontrar um pequeno museu com material ferroviário antigo.




A estação do Pinhão, é igualmente bonita, senão mais, mas não tive oportunidade de fotografar. Em seguida, exploramos mais um pouco do Pinhão e tivemos oportunidade de visitar uma adega e provar alguns vinhos. É possível visitar as adegas, desde que se contacte com os donos com antecedência. Há inclusive quintas que permitem que os turistas participem nas vindimas. As quintas do Tedo e do Seixo, são duas das que permitem visita.



A paisagem fala por si, não é?
Voltamos para o Porto ao final da tarde, mas há ainda a hipótese de ficar hospedado num dos vários hotéis da região. Não é uma viagem barata, mas se puderem, vale muito a pena! 
Alguma leitora já visitou?

Related Posts with Thumbnails